top of page

POLÍCIA INVESTIGA ASSASSINATO SEGUIDO DE SUICÍDIO EM MANDAGUARI



A professora de educação física Eliane Pedrina Henriques foi encontrada morta na madrugada desta quinta-feira (15) em Mandaguari. A principal hipótese em investigação é de que ocorreu um feminicídio seguido de suicídio, pois o suspeito de cometer o crime se envolveu em um acidente e morreu ainda nesta madrugada.


Foi apurado que o corpo de Eliane foi encontrado na Estrada Rochedo, nas proximidades da indústria Aurora. Fontes extraoficiais confirmaram que o autor do crime seria Dalcir Bortolanza, que era amigo da vítima.


Após matar a professora e deixar o corpo dela na estrada rural, ele teria fugido com o Fiat Argo com placa de Mandaguari que pertencia à vítima. Minutos depois, na região Vale do Ivaí, em uma rodovia que fica na saída de Bom Sucesso para Itambé, Bortolanza jogou o carro contra contra um caminhão com placas de Maringá e veio a óbito no local, por volta de 0:00h.


Ainda na cena do acidente, as autoridades descobriram que o carro pertencia a Eliane após encontrarem, dentro do veículo, uma bolsa com documentos pessoais e outros objetos da professora. Em um primeiro momento as autoridades pensaram que ela poderia estar no automóvel, porém começaram a investigar a hipótese de homicídio após localizarem uma faca ensanguentada no Fiat Argo.


Já os documentos de Dalcir Bortolanza foram encontrados junto ao corpo do motorista. Diante disso começaram as buscas pelo corpo da professora, que, como citado acima, foi encontrado em uma estrada rural em Mandaguari.


O corpo foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML) de Maringá, e a Polícia Civil apura todos os detalhes do caso. A reportagem apurou que possivelmente trata-se de um crime com motivação passional.


Com informações do Portal Agora.


🚨🚔🚑🚁🚒🚨

NOTÍCIAS DE Ⓜ️ARIALVA!

🤳🏻Plantão 24 horas pelo WhatsApp

📱(44) 9 9734-7144

Comments


bottom of page